Didicas

Achados de Novembro

O Conceito de continuum: a importância do colo: Esse texto eu indiquei coincidentemente nos Achados de novembro do ano passado, e esse mês minha irmã mais velha me indicou a leitura. Eu li, me apaixonei, e depois me toquei de que o texto me era familiar. Ou seja, já tinha lido, mas a memória gravídicaContinue Reading “Achados de Novembro”

Reflexões

Eu não pedi pra nascer

“Mamãe, você pediu pra gente nascer, a gente já nasceu, e agora a gente está aqui”. Bradou a pequena Marina, mãos na cintura, do alto dos seus 3 anos. A frase foi proclamada três anos atrás, em um dia que minha irmã mais velha estava super estava super estressada, noites sem dormir, a Marina deContinue Reading “Eu não pedi pra nascer”

10º mês Ano 1 Ben

E como foi em São Paulo?

Fomos convidados para um casamento em São Paulo, que seria no dia 15 de novembro. Quando comecei a me planejar para essa viagem, lá em agosto (sim, pobre tem que comprar passagens na promoção e com antecedência que é pra não ficar pagando parcela depois da viagem), eu achei que seria uma boa oportunidade deContinue Reading “E como foi em São Paulo?”

Ano 1 Ben

11 meses!

De muuuuita lambança nas refeições De frutas roubadas no sacolão e na fruteira De uniforme escolar e tudo E de a moda agora é só ficar em pé Além disso tem também: beijinhos mandados com ou sem a mão na boca, dedinhos que apontam tudo, um esboço de “mamãe”, e algumas tentativas (por enquanto frustradas)Continue Reading “11 meses!”

Gravidez

Relato de parto da Syl, do Ricus e da Olívia

Recebi hoje o relato de parto mais esperado (por mim) dos últimos tempos, e preciso muito compartilhar com vocês. A Sylsyl é minha amiga de infância, estudamos juntas no maternal, depois fizemos faculdade juntas, fomos dupla no trabalho de conclusão de curso, e como se não bastasse, fomos colegas de primeiro emprego, e mais tardeContinue Reading “Relato de parto da Syl, do Ricus e da Olívia”

10º mês Ano 1 Ben

Silêncio… coisa boa não é!

Quando eu estou trabalhando no home office, que é também quarto do Ben, é muito raro termos momentos de silêncio. Na verdade, é raro eu conseguir trabalhar no home office, porque normalmente ele está demandando muito minha atenção. Mas existem alguns momentos em que logro êxito. E nessas horas normalmente estou ouvindo gritinhos e bebebésContinue Reading “Silêncio… coisa boa não é!”