Uma semana de introdução alimentar
6º mês Ano 1 Ben

Uma semana de introdução alimentar

Dois dias antes de completar seis meses, experimentamos dar ao Ben a primeira frutinha de sua vida. Foi uma maçã, porque não teve planejamento nenhum e maçã era o que tinha na geladeira. Não fotografei, não filmei, porque quis viver cada segundo desse momento. Tá, confesso que mencionei o fato de que queria tirar uma foto, mas como Queridíssimo não é muito fã, depois percebi que realmente não precisava de foto.

E foi uma delícia dar aquela maçãzinha a ele! Demos raspadinha, com uma colherinha que ganhamos no chá e bebê e que parecia que nunca íamos usar! Na primeira colherada ele fez uma carinha de nojo, não entendeu muito bem o que era aquela coisa na boca dele. Mas não chorou, não reclamou e uma hora até abriu a boca para mais uma colher! Nessa primeira experiência ele comeu meia metade de maçã.

No dia seguinte demos a outra metade e ele comeu toda tranquilamente. Continuou sem entender direito (e acho que não entende até agora!), mas aceitou as colheradas, fez aquele movimento de mastigação e eu fui ficando toda boba que ele estava comendo um monte! No final, soltou um espirro daqueles e saiu maçã para tudo quanto é lado, ahahahah!

Chegamos à escolinha na segunda-feira com duas novidade: Ben está sentando, e trouxe uma maçãzinha para comer hoje!! A profe Marina ficou toda feliz! Desde então, não vou mais amamentar pela manhã. Ainda não considero a fruta como uma refeição em si, mas ele mama perto das 8h, come a frutinha e no horário do almoço mama novamente. No primeiro dia cheguei lá e ele estava muito brabo, pois tinha comido pouca maçã e eu demorei a ir amamentar… nos dias seguintes fui dar de mamar mais cedo.

Aliás, nota mental do primeiro dia: abolir blusas brancas e COM GOLA para ir à escolinha. Estou até agora administrando umas manchas de maçã.

E eis que na segunda-feira à noite, Ben já estava desde sábado sem fazer cocô. Não dormia por nada nesse mundo. Quando eu desisti de fazê-lo dormir, ele me olhou com aquela carinha que só os bebês sabem fazer quando fazem cocô e IMEDIATAMENTE senti um quentinho nas minhas pernas. Sim, vazou cocô para tudo quanto foi lado, e lá fomos nós para o segundo banho da noite!

Na quarta e na quinta-feira ele comeu pera na escolinha. E ninguém sabe o quanto me dói não ter ideia de qual foi a reação dele quando experimentou pera pela primeira vez. Isso não volta nunca mais!

Então na sexta-feira ele ficou com minha irmã que mora em Brasília e veio nos visitar. Eu comentei com ela sobre minha tristeza em relação à pera e ela FILMOU ele experimentando banana pela primeira vez. Gente, que coisa mais deliciosa! Ele amou a banana, comeu meia metade com gosto e só reclamou no final porque estava com sono.

A essa altura já estávamos havia quatro dias sem um novo cocô. Nem me toquei disso quando demos a banana…

No sábado, depois de uma conversa divertida sobre o assunto no Facebook (está constatado que cocô é o assunto mais popular de 11 entre 10 mães), comprei um mamãozinho para ver se aliviava o intestino do pequeno.

Na hora do almoço, dei um pedacinho de manga para ele chupar e ele amou! Depois minha irmã, essa de Brasília, falou que eu não devia ter dado pois é muito forte… Mas foi tão gostoso vê-lo chupar a manga com tanta vontade!

Naquela tarde Ben comeu quase metade de um papaia, e foi bem tranquilo. Não posso dizer que amou como a banana e a manga, mas ele aceita tranquilamente, brinca um pouco com a fruta na boca e engole.

E o mamão foi tiro e queda! Hoje ele amanheceu com uma fralda daquelas! E umas duas horas depois, outra igual! E geeente que cocô fedido!

Fiquei tão traumatizada que não tive coragem de dar outra frutinha pra ele hoje…

Amanhã voltamos à nossa programação, vou mandar uma bananinha pra escola (pensa numa mãe com medo de fraldas explosivas! ahahah!)

Pela dieta passada pela pediatra, o Ben deveria ter comido uma fruta diferente a cada dia na primeira semana, e na segunda já entrar nas papas salgadas.

Mas já começamos diferente, dando a mesma fruta por mais de um dia, primeiro porque no início só tinha maçã em casa mesmo e segundo porque pelo que andei lendo uma possível reação alérgica pode demorar até 72 horas pra se manifestar. Então estamos fazendo assim, dando a mesma fruta por mais de um dia, mas sem muita regra na verdade.

Nessa segunda semana agora deveríamos começar com as papas salgadas. Mas Queridíssimo acha que está meio cedo, pois ele não entendeu muito bem as frutas ainda. Então vamos para mais uma semanada de frutas.

Que nossa senhora da introdução alimentar, do intestino preso e das fraldas explosivas nos proteja!

Espalhe por aí:
Facebook Twitter Email

Comentários do Facebook (ou se preferir, deixe seu comentário ali embaixo)

Comentários

8 thoughts on “Uma semana de introdução alimentar”

  1. Hahahaha sim, cocô é o assunto favorito das maternas por aí! Confesso que morro de medo de cocô pós introdução alimentar. Eles não podem mamar exclusivamente até o desfralde não?

    1. Juro que já pensei nisso também, pensa a gente trocar COCÔ de GENTE na fralda alheia!!? Quando veio o primeiro cocô explosivo pensei “ih, ferrou, não tem mais volta!!”
      Beijos

  2. hahahahahaha
    imagino a sua cara com a coxa quente…. =)
    é assim mesmo…

    Quanto a perder a experimentação da pera na escola, eu te entendo. É muito ruim. Muito mesmo.
    Mas outras descobertas virão e vc poderá acompanhar de perto!
    Beijos e boa sorte!

    1. A coxa quente foi tipo “uepa, não foi só um pumzinho” ahahaha
      E quanto à pera, olha, não conta pra ninguém, mas estamos em um período de grandes mudanças por aqui. Em breve conto por aqui! (tipo semi-celebridade, to com uns projetos mas é segredo ahahaha)
      Beihos

  3. hahaha

    amei De!!

    q fofooo
    e nem me fala de tu nao ter visto a pera que me corta o coraçãaaao :\\

    eu tb nao daria uma por dia e mudaria ja na semana seguinte pra papas salgadas nao..
    daria tempo pra ele..magina…legal a observação da alergia. vou tentar gravar kkkkk

    e na do mamao, o coco saiu diferente? ahuishaiuhsiasa
    tipo…pastoso e laranja, qse o mamao inteiro?! hahaha

    acho que pior que isso, só milho! kkkkkkkkkkkkk

    beijooosss

    1. No fim maridão acabou dando papas salgadas pra ele no dia seguinte ao meu post. E quer saber? Ele amou!!!
      Mas não estamos forçando nada por enquanto…
      Quando ao cocô, ah o cocô… é um misto de mostarda escura com pedaços… pensa num treco fedido!
      Ahahahha
      Beijos

  4. Ah… o Ben e as frutinhas… O pediatra do Mateus disse pra dar no mínimo a mesma fruta 2 vezes para verificar as possíveis reações.
    Voltei a trabalhar, que dor no coração… O Mateus tem ficado muito bem com a minha mãe, deixo leite congelado, ele já tá comendo bem frutinhas e papinha. Se precisar tb tem o LA…
    Como já disse trabalho meio expediente, mas a cada 20 dias + ou – eu tiro plantão noturno e ontem foi um dia desses… Nem preciso falar do meu aperto, sempre falando com a minha mãe no celular, e ordenhando leite pra ser jogado fora… Não da pra congelar lá, muita correria… Quando cheguei hoje de manhã ele mamou à beça, mas não o suficiente pra deixar meus seios vazios, tenho muito leite!
    Vc anda bem misteriosa, quero saber qual é a novidade!!!
    Bjos pra vcs!!!

    1. Como eu queria ter um bom emprego de meio período! Mesmo que tenha esses turnos mais longos, fica mais fácil equilibrar a vida de mãe e trabalhadora.
      Eu, apesar de ter muito leite, tive só um episódio de peito vazando desde a volta ao trabalho. Logo logo teu corpo se acostuma a produzir mais leite só nos momentos em que vocês estiverem juntos! Já o coração, não sei quanto tempo leva para se acostumar, hehehe
      Beijos!

Deixe uma resposta para Elisa Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *