Volta ao trabalho: Dia 1 – a volta dos que não foram
4º mês Ano 1 Ben

Volta ao trabalho: Dia 1 – a volta dos que não foram

Acordei às 7h, 20 minutos mais tarde que o despertador.

Tomei banho, sequei o cabelo (só a franja), fui comprar pão. Pedi ajuda ao queridíssimo que arrumasse o Ben. Na rua, morri de frio e quis colocar mais uma roupa no Ben.

Às 7h20 mais ou menos “soldado Ben Ferreira pronto senhora!”, e ele foi para o banho. Às 7h32 falei: temos 10 minutos.

Não tomei todo o meu chá, escovei os dentes e coloquei o Ben no bebê conforto.

Eram 7h50 quando saímos de casa. Fui no banco de trás oferecendo o peito ao Ben.

Chegamos à porta do meu trabalho às 8h22.Me despedi do meu pequeno, que ficou tranquilinho no bebê conforto.

Logo na entrada, encontrei aquela colega do RH, e ela me perguntou se eu havia ido ao médico do trabalho. Falei que não, pois imaginava ir naquela manhã. “Mas ela só trabalha depois das 13h”. E agora? “Tu não precisavas ter vindo pela manhã”.

Eita, me senti tão desrespeitada! Bom, liguei para o Queridíssimo e pedi para ele voltar e me buscar.

Fomos para a loja, e ficamos lá até a hora de ir à consulta com a pediatra.

Na consulta, contei tudo à pediatra e ela me deu atestado para aquele dia. Ufa! Ganhamos um dia!

Aliás, Ben está um grandão, pesando 8,520kg e medindo 72 centímetros! A pediatra deu também uma receita para a introdução alimentar, eu relutei em aceitar, pois quero seguir em AME até os seis meses. Ela então explicou que seria só um backup para o caso de o Ben não aceitar o LM de outras formas que não o peito.

Saímos da consulta e vim pra casa, já que só poderia ir ao médico do trabalho à tarde.

E quer saber? Deitei na cama com o Ben e dormi. Aproveitei nossos últimos momentos juntos assim, no meio de um dia de semana. Me di o direito, afinal ele tinha acordado às 4h e só voltado a dormir às 6h.

Quando acordamos, almocei e enfim fui ao tal médico. Deixei o Ben na loja com o pai e fui, em uma hora já estava de volta e voltei a curtir nosso momento.

Amanhã seria um longo dia!

Espalhe por aí:
Facebook Twitter Email

Comentários do Facebook (ou se preferir, deixe seu comentário ali embaixo)

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *